info@purachuva.com.br

A forma de realizar os cuidados diários com bebês é algo que se encontra em constante mudança. Práticas comuns na geração de nossos pais são atualmente consideradas obsoletas e outras que temos hoje serão criticadas por nossos filhos quando eles tiverem os deles. Faz parte do ciclo constante de aprendizados, processo este que se constrói não somente com novidades e informações, mas também com certa dose de conflitos.

Uma dessas atitudes que vem se transformando é o uso de lenços umedecidos para higienização após a troca de fraldas. Até pouco tempo considerado como um item indispensável em qualquer bolsa de apetrechos para cuidados de bebês, o lenço umedecido vem aos poucos sendo substituído pela antiga combinação de água morna (ou um óleo vegetal) e algodão (ou uma fraldinha de pano). Apesar de ser aparentemente menos prática, essa opção é a mais ecológica e a mais adequada à promoção da saúde da pele do bebê.

A composição dos lenços umedecidos contém substâncias químicas agressivas à pele como, por exemplo, a metilisotiazolina, que são potenciais causadores de alergias. Além disso, mesmo que não venham a gerar alergias propriamente (algo que ao longo de um ou dois anos de uso é praticamente impossível de não acontecer) os lenços umedecidos atuam de forma a remover o manto hidrolipídico da pele. Esta camada, formada por uma mistura de gordura (produzidas pelas glândulas sebáceas) e suor (fabricado pelas glândulas sudoríparas), atua como um mecanismo de proteção com relação aos fungos bactérias presentes no ar. Quando removida essa proteção natural, o bebê fica mais vulnerável a agressores externos como pó, pólen e pelos que podem vir a causar infecções, micoses e dermatites.

Uma ótima maneira de evitar os lenços umedecidos, como já dito, é o uso de um óleo vegetal, como por exemplo o Óleo Corporal Gotas de Suavidade da Madre Celeste. Além de poder ser usado em algodões e paninhos no próprio momento da troca de fraldas, ele pode também ser aplicado como um hidratante pós-banho e mesmo localizado. Por conta de sua composição livre de aditivos sintéticos (feito somente com Óleos Vegetais de Semente de Uva, Semente de Maracujá e Girassol) ele hidrata a pele profundamente, deixando-a nutrida, protegida e ajudando na prevenção de assaduras.

Adicionando algumas gotas de Óleo Essencial de Lavanda Francesa ou Óleo Essencial de Tea Tree se potencializa o efeito bactericida dos óleos vegetais, a formulação é simples: a cada 100 ml de óleo vegetal coloque 12 gotas de óleo essencial (referente à 0,5% de óleos essenciais ideais para limpeza, proteção e hidratação).

A escolha de mudar o hábito na hora da troca de fralda é não somente a melhor opção para saúde da pele do seu bebê como também para o meio ambiente. Os lenços umedecidos, bem como a maior parte dos componentes sintéticos neles presentes, não são biodegradáveis. Por conta disso o uso a longo prazo dos lenços umedecidos é, assim como acontece com as fraldas descartáveis, uma prática de poluição constante do meio ambiente. Faça uma opção pelo natural e confie em todas as dádivas que mãe Natureza nos dá, assim fazemos bem não só para saúde daqueles que mais amamos como também para o nosso lar comum, o Planeta Terra!

2 Comments

  • Olá, utilizando o óleo vegetal para limpeza, há necessidade do uso de pomada? no caso com fralda descartável.

    Reply

    • Gandharvika Ocque Batista ,

      Olá, bom dia, no dia a dia não é necessário, mas no caso de surgirem vermelhidões ou assaduras podem ser cuidadas e tratadas com pomadas à base de óleos essenciais, tais como Camomila com óleo de coco ou Lavanda com Tea Tree. Fico à disposição 😉

      Reply

leave a reply