info@purachuva.com.br

A PELE!

O maior e mais sensível órgão de nosso corpo! É a pele que nos protege, que nos acalenta, que nos dá o conforto, que guarda e alimenta todos os órgãos mais vitais de nosso corpo.

A pele é o limiar entre o mundo externo e todos os órgãos de nosso corpo, através dela podemos nos comunicar com esses órgãos, por isso a Aromaterapia é tão efetiva, os óleos essenciais e vegetais são absorvidos por nossa pele e são redirecionados para o restante de nosso corpo através da corrente sanguínea.

Ainda na barriguinha da mamãe o primeiro órgão que surge é a nossa pele, dela é que se desenvolve todo o restante de nosso corpo, tanto de fora para dentro do corpo do bebê como de fora para além da placenta da mamãe que o carrega. O desenvolvimento do ser humano a partir da pele, é uma visão que poucos aprendem a ter.

Pense que durante 9 meses dentro do útero de sua mãe, o bebê apenas conhece o mundo como uma grande pele quentinha e úmida, ali ele flutua e se prepara para sair ao mundo. Imagine apenas por um segundo que choque é para um bebê se perceber longe dessa grande pele confortável, que o mantinha protegido de todos os barulhos estranhos, da fome e das mudanças de temperatura. Os órgãos sensoriais (ouvido, nariz, boca e olhos) do bebê dentro do útero possuem um funcionamento totalmente diferente do que fora dele.

Quando alguns movimentos maternos defendem o colo, o contato pele à pele, a massagem, o afeto, algumas teorias ainda chamando este processo de “período de exterogestação” que pode durar até 9 meses fora do corpo da mãe, pouco se compreende o motivo real disso. A principal questão, ao meu ver, é a necessidade que o bebê tem de se acostumar devagarinho a reconhecer outra pele além da placenta onde se desenvolveu no início de sua vida, além disso vários estudos afirmam que a pele precisa passar por processo de mudança de alcalina para o meio ácido através do contato com a pele daquele o cuida.

Observando o aspecto psicológico do déficit do toque, da amamentação e da massagem nos meses seguintes ao nascimento do bebê, percebemos o porquê de tantos problemas emocionais, carências e insatisfações do adulto, pois ele teve que se acostumar violentamente a viver em um mundo estranho e sem nenhum tipo de conforto. Desde cedo o bebê experimenta a frustração da vida sem a nutrição e o toque que ele tanto precisa.

O vernix, que é o primeiro “creme” de nossa pele, o mais importante elemento de nutrição do desenvolvimento de nossa pele, nos mostra a importância de manter a pele nutrida sempre, independente de nossa idade, pois se não estamos no lugar mais protegido que existe (dentro do útero), fora dele todo o ambiente é muito mais “irritante” para a nossa pele, desde a poluição à alimentação diária.

O cuidado diário com a nossa pele é como um ritual de amor próprio, além de provocar mudanças drásticas em nossa saúde, vai nos ajudar a suprir muito da carência que porventura desenvolvemos em nosso nascimento e consequentemente mudar comportamentos de possessividade e vícios desnecessários.

Dicas para cuidar de sua pele com todo o carinho:

Sempre use óleos vegetais finos e agradáveis ao toque e óleos essenciais calmantes para a pele e adequados à sua necessidade física e emocional;

Evite à todo custo usar cremes sintéticos que irão suprimir a respiração natural de sua pele, principalmente na pele dos bebês e dos idosos;

Evite alimentos tóxicos e excessos de todos os tipos para diminuir os processos de desintoxicação e alergias desnecessárias;

Use óleos vegetais diariamente na pele e na alimentação, dê preferência para óleos prensados à frio, virgens e extra virgens;

Procure reservar alguns minutinhos do seu dia para massagear a si mesmo, procurando mentalizar e sentir o amor próprio, o conforto, o calor gerado por suas mãos e o preenchimento do vazio interior;

Comece com massagens nas mãos e nos braços, nos seios da face e no pescoço, aos poucos poderá aumentar essa percepção para a parte do corpo que mais precisa de massagens.

Lembre-se que somos muito mais do que órgãos e sensações físicas, tudo dentro de nós é consciente e nos ajuda viver neste mundo, tudo o que fazemos para estimular e cuidar deste corpo, irá refletir em nossas atitudes e pensamentos à cada dia.

Ame-se!

Fonte de estudo e conhecimento:

GUMBEL, Dietrich. Fundamentos da Terapia Holística com Óleos Essenciais das Plantas. Editora Laszlo, 2016.

leave a reply